iPad contra Galaxy: qual é o melhor?

Qual melhor? iPad ou Galaxy

Medidas

Um pouco maior, o dispositivo da Apple tem uma tela de 9,7 polegadas; já a do tablet da Samsung é menor, com 7 polegadas. A espessura dos dois é praticamente a mesma, com diferença de alguns milímetros apenas.
O Galaxy tem quase metade do peso do concorrente, com 380 gramas; o dispositivo da Apple pesa 730 gramas. Ou seja, basta passar alguns minutos com o aparelho nas mãos para sentir a diferença.
Apesar da tela menor, no quesito conforto o Galaxy sai na frente.

Display

A diferença dos displays também é notória. Além do tamanho, a resolução do tablet da “Maçã” também é maior: 1024 x 768 pixels. Os dois dispositivos são sensíveis à luz e ajustam o brilho conforme o ambiente. Em 16:9, a tela de 7 polegadas do Galaxy atinge a resolução máxima de 1024 x 600 pixels.
Ambos possuem tela de LCD, mas o backlight de LED do iPad permite melhor visualização de diferentes ângulos, cores e contrastes. Ponto para o Ipad.

Conexões

Os dois tablets podem se conectar à Internet por 3G e Wi-Fi. Ambos também tem conexão Bluetooth, ainda que a Apple restrinja bastante a funcionalidade dessa opção.
A grande diferença do Galaxy aqui é que ele também faz ligações telefônicas. Apesar de ser um “celular” meio grandinho, ele pode fazer chamadas em viva voz ou até vídeo chamadas – já que tem câmera, algo inexistente no iPad. Além disso o tablet também pode enviar e receber mensagens SMS: dois a um para o Galaxy.

Memória

O iPad está disponível em três versões: 16, 32 e 64 GB de memória interna. O Galaxy só existe em 16 ou 32 GB, apesar disso, o dispositivo da Samsung possui uma entrada para cartão micro SD para expandir essa memória, podendo chegar também até os 64 Giga. Aqui talvez possamos considerar um empate técnico.

Bateria

Testes das próprias fabricantes definiram o vencedor na questão da bateria. O Galaxy agüenta até 7 horas exibindo um filme. No iPad, a autonomia é de 10 horas. E não é surpresa, uma vez que o Galaxy é menor e mais leve, ou seja, menos espaço para a bateria. A questão é que o iPad tem muito mais chances de sobreviver a um dia inteiro sem precisar ser recarregado.

Aplicativos

As lojas de aplicativos são completamente diferentes. A Apple Store, com mais tempo de vida, tem cerca de 225 mil aplicativos disponíveis – não exclusivos para o iPad, mas também para o iPhone.
Com 70 mil aplicativos para smartphones, a Android Market ainda está um pouco atrás. Mas, com a disseminação da plataforma, nada impede que isso possa mudar num futuro próximo.
Por enquanto, a marca de Steve Jobs está na frente. Além do que, visualmente, a loja da Apple é mais bonita e atraente.

Performance

Tecnicamente, em relação à performance é difícil comparar os dois tablets. Ambos apresentam processador de 1GHz – o iPad com o chip A4, da própria Apple, e o Galaxy com o Cortex A8, da ARM. A grande diferença é o sistema operacional dos aparelhos: enquanto o iPad usa o iOS 4, o Galaxy é baseado no Android 2.2.
Os dois têm funções parecidas, mas na prática, o iPad parece bem mais rápido. Mas uma coisa que ainda desagrada muita gente da Turma da Maçã é a questão de não suportar Flash, impossibilitando assim o acesso a muitos sites e vídeos. Para bater de frente, o Galaxy incorporou o suporte ao Flash no seu dispositivo. Entre pontos positivos e negativos, mais um empate entre os rivais.

Extras

Talvez o que faça muita diferença no Galaxy, além da possibilidade de usá-lo como telefone e o suporte ao Flash, é a capacidade de filmar e fotografar, que o iPad não tem. O tablet da Samsung possui duas câmeras: uma frontal de 1.3 Megapixels e outra atrás, com 3 Megapixels. Não é lá uma qualidade muito boa, mas já existe a opção. O Galaxy também captura vídeos em HD. E mais surpreendente, ele sintoniza canais de TV analógicos e digitais. Ou seja, um ponto extra para Galaxy sem qualquer possibilidade de contestação da Apple.

Preço

Este detalhe é delicado, já que mexe com o nosso bolso. O modelo mais básico do iPad, com conexão Wi-Fi, sem 3G e 16 GB de armazenamento, fica entre 1600 e 1800 reais. O Galaxy é um pouquinho mais caro e está sendo vendido por cerca de 2200 reais.

Conclusão

Talvez possamos definir o Galaxy como um pequeno iPad rodando Android. Os dois tablets são bastante equivalentes. Apesar da câmera, da TV, do telefone e do suporte ao flash, seria praticamente impossível convencer os fanáticos pela Apple a trocarem seus iPads; mesmo porque eles rebateriam dizendo que o design é incomparável e a Apple Store oferece muito mais aplicativos.
Mas o Galaxy é um forte concorrente e talvez se aprimorar sua câmera e deixar seu sistema um pouquinho mais rápido, defina de vez a partida.

Assista ao video cliclando aqui.

Fonte: Olhar Digital

Arquivado em: Tecnologia

Palavras-chave:

Comentários

No Comments

Comente

Você deve estar logado para postar um comentário.